Banner_Bioset
Banner Cursos
BANNER 5 ANOS 1 copiar
Author

Alessandra Porto

Browsing
Alessandra Porto. Gestão de Pessoas Consultor Empresarial

Estamos num verdadeiro vendaval, é real e oficial que prejuízos, perdas e falências já estão acontecendo e muitas ainda virão e no negócio de beleza não tem sido diferente, os empreendedores deste segmento como salões, clínicas de estética, depilação, barbearia estão sofrendo muitos impactos.

O mercado da beleza movimenta em média 10,9 bilhões de reais ao ano e é um mercado em exponencial crescimento em todo mundo, porém diante desta pandemia e consequente crise econômica é um dos segmentos que mais vem sentindo essa mudança de consumo, mas no meio do caos é fundamental ter um norte, avaliar o cenário, desenhar possibilidades e criar alternativas, conscientes de que os empreendedores da beleza sentirão muito e não há uma receita mágica de que tudo será resolvido num passe de mágica, mas com uma porção de realidade é possível  conseguir visualizar onde está, e sim, criar caminhos de escapes.

 

O problema não é o seu negócio

Como nossas emoções estão afloradas neste momento, a tendência é confundirmos nosso negócio com toda essa situação caótica, por isso, é um exercício prioritário recortar o momento de crise e criar um comitê com informações do mercado mundial, o segmento de atuação de sua empresa e a economia no geral.

Reunindo essas informações, o próximo passo é rever metas, planejamento estratégico e ações que estavam propostas para o ano de 2020,  olhando cada detalhe da realidade diminui a ansiedade e norteia ações mais ponderadas.

Lembrando mais uma vez que, não é para esquecer os planos, mas sim para redesenhar e deixar uma programação agendada para voltar ao planejamento original, assim que a crise diminuir, esse recorte por si só, já nos ajuda a visualizar possibilidades e traz equilíbrio para ultrapassar esse tempo.

 

Tomando ações reais e possíveis

Após abrir sua visão sobre onde e como está o seu negócio, algumas ações surgiram para os próximos passos, como renegociações de dívidas, prazos com fornecedores, possibilidades de cobrança aos credores e a cada ação é possível visualizar a empresa em movimento, gerando folego.

Importante também, reunir um time ou pessoas do mercado para falar e discutir possibilidade de ações em conjunto, compras compartilhadas, ações de marketing conjugadas, o que reduz o custo com o processo e mantem vários negócios unidos, fortalecendo a marca e a existência das empresas, o momento é de fato o de baixar as armas e agir em conjunto para o benefício mútuo.

 

Dicas de para gerir seu negócio durante a crise

– Divulgação e consolidação da Marca: Utilize o momento para divulgar e consolidar a marca nas redes sociais, se sua empresa já tem divulgação, intensifique, caso ainda não tenha, inicie a divulgação em todas as redes pessoais, lembrando sempre que,

quem não é visto não é lembrado, busque formas de ser visto, mesmo que as portas precisem estar fechadas.

Beleza é um assunto que atrai multidões, aproveite o tempo livre das pessoas, e crie conteúdos interessantes, sempre atrelando a promoções de produtos e serviços que podem ser oferecidos neste período e com sua marca bem definida.

 

Mantenha o contato quente com seus clientes: Através de redes sociais, de mensagens por WhatsApp, crie grupos de interesse por biótipo ou por produtos e serviços que consomem, gere conteúdo por grupo de interesse. Lembre-se de datas importantes e felicite os clientes, inclusive por sua data de nascimento, esta é uma ótima oportunidade de reorganizar seus dados de clientes e criar ações de email marketing, gerando relacionamento e fidelização de clientes.

 

Visite a cultura empresarial de seu negócio: rever as politicas de funcionamento, visitar a missão, visão e valores, é um processo propício para o período, entender se a pratica diária da empresa está de fato refletindo o propósito da empresa, caso não esteja, tome a ação de rever ações para que a missão volte a fazer sentido, ou reescreva a missão de acordo com a nova realidade da empresa.

 

– Conheça os auxílios que o governo disponibiliza para empresas: Falando em ações jurídicas e tributárias, consulte e acompanhe todas as Medidas Provisórias lançadas pelo governo e busque encaixar sua empresa dentro dos benefícios oferecidos, estude com sua assessoria contábil e jurídica, e caso não tenha, leia informações e se una outros empresários para sanar dúvidas.

 

Busque capital de giro e reveja custos: Levante possibilidade de capital de giro para usos emergenciais, através de sua instituição bancária ou até mesmo do governo, neste momento muitas ações para manter a existência das empresas estão ocorrendo, partindo do pressuposto de o mercado de beleza ser altamente atrativo, as instituições tem interesse em investir e auxiliar com empréstimos para a manutenção de sua clínica, salão ou serviços autônomos.

 

Tenha claro e fácil seus custos fixos, negocie com proprietários de imóveis o aluguel, forma de pagamento com fornecedores e visite seu estoque de produtos, que podem virar uma entrada rápida de verba, através de serviços e até kit’s para home care.

A redução de custos é fato, porém, não ceda a tendência mais “prática” de demissões, pois ter um funcionário habilitado, treinado e competente dentro de seu negócio custa tempo e dinheiro, avalie outros caminhos como reduções salariais, readequações de tarefas e deixe por último a ideia de demitir.

 

Inove em seus serviços e em seu espaço: Crie oportunidade de inovações em seu negócio, novos nichos e até produtos ou serviços que sua empresa pode atuar num momento de necessidades emergências, pode até parecer trabalhoso mudar processos, mas não paralise seus negócios por medo de mudanças, arrisque outros caminhos, sempre com cuidado, mas não deixe de tentar, com a mente mais aquietada, é possível se reinventar e criar novas alternativas, que até podem virar parte do seu negócio após a crise ou até mesmo seu negócio principal.

Para deixar um negócio morrer não é simples, apenas não tome ação alguma, mas para mante-lo vivo é necessário muita coragem e ousadia, então sente, respire, reprograme, reorganize e se levante renovado para viver um novo tempo.