Banner_Bioset
Banner Cursos
BANNER 5 ANOS 1 copiar
Tag

mercado

Browsing

Na última semana, evento gratuito falou sobre tendências de mercado e técnicas de tratamento

As mudanças na sociedade têm culminado em grandes transformações, inclusive na percepção de cada pessoa sobre o próprio corpo. Neste cenário, a estética íntima tem se despontado.

Ynaiã Piedade

Apesar do tema ainda ser um tabu, a fisioterapeuta especialista em fisio dermato-funcional, Ynaiã Andreo Piedade, conta que cada vez mais tem surgido equipamentos e cosméticos preparados para o tratamento das áreas íntimas.

Apesar de não existir um padrão considerado ideal no que se refere à anatomia genital externa, já que o formato, tamanho e textura variam de acordo com etnia, peso, estado hormonal, idade, entre outros fatores, a maior parte das mulheres que procuram por procedimentos se queixam de flacidez de grandes e pequenos lábios, além do escurecimento da área.

“Mas engana-se quem pensa que são apenas as mulheres que buscam tratamento. Os homens também estão em busca do clareamento anal e perianal”, revela Ynaiã, que acrescenta: “Quanto mais satisfeita, empoderada e feliz com o seu corpo, melhor são todas as relações das pessoas. Não falo apenas de relações físicas, mas também emocionais”.

Semana da Estética Íntima

Entre os dias 17 e 19 de novembro, foi realizado o evento Estética 360. Por meio de três lives, profissionais abordaram temas ligados a tendência de mercado, técnicas de utilização dos tratamentos com microagulhamento, radiofrequência e cosméticos nas regiões íntimas.

A primeira edição da iniciativa contou com a participação de mais de mil profissionais da área de saúde, beleza e bem-estar. “Falamos sobre tratamentos não invasivos, em áreas íntimas externadas. Estas são reclamações frequentes dos pacientes”, conta Ynaiã, que tem 15 anos de atuação na área e também palestrou durante o evento.

As lives foram transmitidas pela plataforma Beauty Connect e também pelo Instagram.

Empreendimentos se reinventam e disponibilizam vagas que vão desde a área de produção ao setor comercial

Na contramão da crise econômica ocasionada pela pandemia do novo coronavírus, empresas da área de saúde e beleza se reinventaram para superar o período e apostam em uma retomada. Prova disto é que muitos empreendimentos contrataram e ainda estão empregando. As vagas são para diferentes ocupações: abrangem desde o setor de produção até o comercial e marketing.

Adoxy

Thiago Gonzalez e Michele Matias

A Adoxy, empresa de equipamentos eletromédicos e estéticos, por exemplo, vive o maior crescimento dos últimos anos, de acordo com o vice-presidente da marca, Thiago Gonzalez.

Nos últimos meses foram contratados 10 colaboradores para os setores de marketing, vendas, técnico e até mesmo um CEO. “No início da pandemia ficamos bastante assustados, mas não nos precipitamos. Reunimos toda a diretora e simulamos como nos portaríamos em todos os cenários”, explica a presidente da Adoxy, Michele Matias.

Ainda de acordo com Michele, os meses entre março e maio foram os mais difíceis. “Foi o maior teste de resiliência que enfrentamos na vida e nos negócios. Mesmo assim, não fizemos nenhuma demissão. As medidas do governo ajudaram bastante e nós fizemos um grande esforço para que nenhum colaborador perdesse seu emprego”.

Para isto, foram realizadas renegociações com fornecedores e parceiros, assim como com os clientes. “A empatia foi a palavra chave”, revela Michele. “Atualmente ainda buscamos contratar para todos os setores mencionados, exceto o CEO”, complementa.

Ellementti Dermocosméticos

Fernanda Chauvin, CEO Elementti

Com produtos que tratam da pele e do corpo produzidos com alta tecnologia e produtos naturais, a Ellementti Dermocosméticos contratou no segundo semestre de 2020 profissionais para a produção e expedição, com o objetivo de agilizar a entrega ao cliente.

“Desde o início da pandemia observamos a mudança de padrão de comportamento. Consequentemente, passamos a trabalhar mais nosso conteúdo informativo e o mix de produtos SkinCare. Isto acabou trazendo uma mudança no nosso modelo de negócio que era voltado ao profissional que trabalha na área estética”, conta a CEO e Diretora Científica da Ellementti Dermocosmeticos, Fernanda Chauvin.

No início do isolamento social, Fernanda revela que a grande dificuldade da empresa foi encontrar uma forma de estar conectado ao cliente, assim como explicar ao consumidor primário, o profissional de estética, a lidar com a situação. Este precisou atuar com o seu cliente de forma diferenciada por tele consultas, indicações de tratamentos em casa.

“Nos últimos meses, a demanda por produtos de alta qualidade e eficácia, os chamados dermocosméticos, aumentou e nós sentimos o crescimento, principalmente porque nosso foco são estes tipos de produtos”, afirma a CEO da empresa.

Bel Col Cosméticos

Marilene Coelho, diretora da Bel Col Cosméticos

Com atuação na exportação, vendas de produtos para clínicas de estética e profissionais do setor, nos produtos home care, a Bel Col Cosméticos sentiu queda significativa nas comercializações no primeiro mês da quarentena. “Mas nos meses seguintes, os resultados foram significativos e no cenário atual, já registra crescimento nas vendas quando comparado ao acúmulo de 2019”, explica a diretora da marca, Marilene Coelho.

Neste período, a Bel Col inovou e diversificou com lançamentos de produtos para novos segmentos, como o de suplementos alimentares (com nutricosméticos que tratam gordura localizada, saúde dos cabelos, da pele e problemas com acnes), além de incorporar uma linha de produtos com foco na assepsia para um novo nicho, o varejo.

Situação que contribuiu para a retomada das contratações. Inclusive para a área comercial, para ajudar no aumento das vendas com a retomada do mercado, revela Marilene. Além disso, novos postos de trabalho foram abertos nas áreas de design e marketing.

HTM Eletrônica

Paulo Gustavo, CEO HTM

No início do isolamento social, com a previsão econômica pessimistas em todo o mundo, a HTM Eletrônica, que atua no segmento de equipamentos eletromédicos, reduziu em 20% o seu quadro de funcionários. Porém, em agosto e setembro, a empresa fez a reposição destes profissionais e aumentou ainda mais o número de colaboradores.

“Hoje, só não contratamos mais porque não temos matérias-primas para produzir mais. Assim como as demissões, as contratações se deram na sua maioria em departamentos ligados diretamente ao processo produtivo”, conta o CEO da HTM Eletrônica, Paulo Gustavo de Siqueira Lopes.

Prestes a completar 40 anos de atividades, a Onodera Estética entrou na batalha contra o novo coronavírus com as armas que conhece: gestão estratégica, inovação e capacidade de adaptar-se às condições impostas pelo mercado.

Lucy Onodera, sócia-diretora da rede de franquias presente em mais de 50 unidades distribuídas em 10 estados brasileiros, relata nesta entrevista algumas medidas adotadas pela empresa no intuito de amenizar os impactos gerados pela pandemia, como a implantação da Consultoria OnLine, investimento num novo portal de vendas e criação de ações promocionais como o Boto Club.

 Estética e Mercado – Como avalia o impacto da crise provocada pela pandemia no setor de beleza e estética?

Lucy Onodera – Acredito que assim como o nosso setor, todos os setores da economia estão sentindo este impacto, não apenas econômico, mas também o impacto social. Por meio de pesquisas, estamos acompanhando as tendências e verificamos que o mercado de beleza, em geral, será um dos primeiros a retomar o crescimento. Para que os nossos franqueados sejam impactados o mínimo possível, desenvolvemos algumas ações, entre as quais podemos destacar as flexibilizações de pagamentos como royalties e fundo de propaganda; ações de capacitação voltadas aos franqueados e força de vendas por meio de treinamentos online, entre outras.

Houve demissões ou fechamento de unidades em virtude desta crise?

Em todo este período de pandemia, houve apenas o fechamento de uma unidade da rede Onodera. Neste caso, nossa maior preocupação e a do franqueado foi a de não prejudicar as clientes que ainda possuem algum saldo de tratamento. Desta forma, daremos continuidade a estes tratamentos assim que retomarmos às atividades. Apesar do fechamento desta unidade, acreditamos em nosso país e enxergamos também o lado positivo em todas as situações. Estamos observando o aumento na procura por franquias neste período em que os empreendedores estão vislumbrando uma grande oportunidade de investimento e rentabilidade a médio e longo prazos. Para evitarmos demissões em massa, utilizamos de todos os recursos disponibilizados pelo governo federal (redução de jornada de trabalho, férias e suspensão de contratos), deste modo, conseguimos manter o máximo possível de colaboradores em nossa rede e, mais do que isso, além de preservá-los, estamos realizando diversos encontros de capacitação e preparando todos para a reabertura de nossas unidades, pois acreditamos que em um curto espaço de tempo possamos ter de volta 100% da nossa força de trabalho.

 Algum projeto adiado em virtude da crise?
Ao contrário! Alguns projetos que estavam engavetados começaram a tomar forma, pois neste momento implantamos a Metodologia Ágile em nosso negócio, e estamos entregando diversos projetos na tentativa de testar o maior número de ações.

O que é a Metodologia Ágile?

As práticas de gestão de projetos precisam se adequar às novas exigências do mercado, que estão cada vez mais relacionadas a entregar valor ao cliente de forma otimizada, transparente e colaborativa. A Metodologia Ágile é uma solução para eliminar gaps nos projetos e potencializar as entregas, o que viabiliza uma otimização dos processos e maior satisfação do cliente. A metodologia está baseada em quatro valores: 1 – mais interações entre indivíduos do que processo e ferramentas; 2 – mais software em funcionamento do que documentação abrangente; 3 – colaboração com o cliente acima da negociação de contrato; 4 – adaptabilidade é mais importante do que seguir um plano. Acreditamos que essa metodologia nos sintoniza melhor com este cenário de transformação digital, sendo umas das maiores premissas entregas com rapidez e com maior frequência, conforme surgem as necessidades do cliente.

As atividades foram retomadas por unidades da rede? Quais alterações foram implantadas nas regras de funcionamento?

Algumas de nossas unidades foram reabertas, mas ainda estamos na expectativa e aguardando as definições dos governos locais para termos a reabertura de 100% da nossa rede. O mais importante para nós é a saúde das nossas colaboradoras e de todas as pessoas envolvidas direta ou indiretamente. Por isso, apoiamos e estamos de acordo com todas as medidas e orientações do Ministério da Saúde e OMS (Organização Mundial da Saúde), pois o mais importante neste momento – sempre foi em nossos 39 anos de história e será –, é cuidar do bem-estar e da saúde de toda sociedade. Este é um mantra que perseguimos incansavelmente todos os dias.

Você percebe mudanças no comportamento do seu público consumidor? Que adequações está fazendo?

Sim. Hoje, o nosso público está receoso e sentindo também todo o impacto desta pandemia, então, eles estão analisando dia a dia como realizarão as compras, para que não haja impacto negativo na despesa da casa. Estamos promovendo diversas adequações em nosso negócio: a implantação da Consultoria Online; adotando o reforço de todas as questões e normas de segurança; implantando e desenvolvendo ferramentas digitais; criando um novo portal de vendas; lançamento tratamentos; dentre outras medidas.

Quais ações gostaria de destacar na gestão do seu negócio neste momento?
Uma das principais ações que implantamos – e será algo que mudará a forma de nos relacionarmos com as nossas clientes — é a Consultoria OnLine, que dentre todos os benefícios, destacamos a comodidade e praticidade no dia a dia para nossas clientes, já que por meio dela agora é possível realizar uma consultoria em qualquer lugar e momento. Outra ação que mudou a nossa forma de pensar e de nos comunicar com nossos franqueados foram os treinamentos virtuais, que nos trouxeram mais agilidade para debatermos temas atuais e importantes ao momento que nós e nossos franqueados estamos enfrentando, sendo uma troca de conhecimento e de boas práticas entre todos.

E sobre os lançamentos e ações promocionais?
Gostaria de ressaltar algumas novidades promocionais e lançamentos, todos voltados a tratamentos rápidos e com excelente resultado. Posso citar o Desafio Quarentena Detox, composto por produtos home care, dieta especial, acompanhamento nutricional, assinatura de um aplicativo de exercícios e tratamentos Onodera. Lançamos também o Boto Club – o Clube da Toxina Botulínica, em que a cliente poderá realizar três aplicações durante o ano, com parcelamento em 12 vezes; além da depilação a laser que está com desconto de até 60%.