Ad
Ad
 
GESTÃO

4 dicas para criar um bom plano de negócios para sua clínica estética

Pinterest LinkedIn Tumblr

O plano de negócios da sua clínica estética é o que vai nortear seu empreendimento. Ele compila os elementos que vão avalizar o investimento, além de prever os principais desafios que você vai encontrar.

Se sua clínica estética já está em funcionamento, não há problema. O plano de negócios pode ser feito também nesse caso. Ele vai mostrar se você está no caminho correto e você vai poder corrigir algum equívoco.

As clínicas estéticas unem o útil ao agradável. Enquanto, cada vez mais, as pessoas querem cuidar da sua imagem e saúde, muitas outras querem empreender. Reflexo disso é o Brasil ser o terceiro maior mercado do mundo neste ramo.

Para que você saiba se está no caminho certo ou tenha uma melhor definição da sua clínica estética, confira nossas 4 dicas para criar um bom plano de negócios.

Análise de mercado

O primeiro passo do plano de negócios é a análise de mercado. Ela consiste em entender o perfil do público que você vai atender. Ela é necessária para que você chegue a uma definição sobre quais serviços e produtos as pessoas buscam.

Faça pesquisas com clientes, se a clínica já estiver estabelecida, ou faça pesquisas de campo para entender o perfil dos consumidores das clínicas estéticas.

É também na análise de mercado que você vai estudar a concorrência e conhecer os fornecedores, para avaliar custos com produtos e já pensar nos diferenciais que farão você se destacar neste concorrido mercado de trabalho.

Planejamento financeiro

Se você está pensando em abrir uma clínica estética, já deve estar estimando o investimento necessário, correto? Se sim, parabéns! Se não, sem problemas.

O plano financeiro vai estipular os custos iniciais com produtos, aluguel, contratação de equipe, equipamentos e outras necessidades. Além disso, você vai pensar nas despesas e receitas mensais.

Outro fator importante vai ser definir o capital de giro que você vai dispor. Ele é o valor para a empresa funcionar por algum período, sem contar com o fluxo de caixa. Mesmo assim, no planejamento financeiro você vai poder simular quanto de lucro terá a curto, médio e longo prazo.

Qualidade de produtos e serviços

Como será sua clínica estética? Qual público você vai atender? Quais produtos vai utilizar? Seu diferencial será o atendimento? Enfim, essas são algumas das perguntas a se fazer nesta etapa.

Conhecendo sua clientela e sua concorrência, você vai definir as estratégias da clínica estética. São várias as possibilidades. Você pode buscar atender classes mais altas, com produtos mais caros, mas também pode optar por mais custo-benefício, cobrando valores mais baixos e atendendo mais pessoas.

É uma etapa de liberdade e serve para definir o posicionamento de sua clínica daqui adiante.

Estratégia de Marketing

Ao longo de toda a história de sua clínica estética, as estratégias de marketing vão lhe acompanhar. Isso significa que você precisa planejá-las dentro do plano de negócios.

Existem diversas formas de atrair a clientela e difundir sua marca. Busque compreender o comportamento do consumidor e aliar às mídias sociais. Não se esqueça de que o cliente adora uma boa promoção e essa é uma boa forma de atraí-los.

Gostou de nossas dicas? Então faça seu cadastro em nossa newsletter para receber os conteúdos em primeira mão.

 

Write A Comment