Banner_Bioset
Banner Cursos
Author

Redação Estética e Mercado

Browsing

O Trinks, que pertence ao Grupo StoneCo, surgiu de uma dificuldade da sócia fundadora Carina Gerwec como cliente e já está no mercado há oito anos, oferecendo aos usuários uma gestão de negócios completa feita por meio de aplicativo e site. Com números e resultados impressionantes, a plataforma, por meio de Carina Gerwec, é a primeira convidada do site Estética e Mercado para o balanço de final de ano do setor e nos traz algumas de suas previsões para 2022.

Carina Gewerc, sócia fundadora do Trinks, primeira convidada do balanço Estética e Mercado

Entre as novidades, o Trinks anunciou recentemente parceria com o conglomerado Meta, dono de Facebook, Messenger e Instagram, com o intuito de facilitar a interação dos usuários com os estabelecimentos cadastrados. Desde então, a empresa já realizou 100 milhões de agendamentos e alcançou 1 milhão de usuários. 

Já são 60 mil negócios cadastrados no Trinks, incluindo grandes redes de beleza e estética no Brasil, como Werner Coiffeur, Spa das Sobrancelhas, Depyl Action e Doctor Feet. Apesar de já consolidada no mercado, a plataforma sofreu com os impactos da crise causada pelo coronavírus, tendo uma redução de 35% das assinaturas no período mais crítico da pandemia. 

Carina Gewerc teve a ideia do Trinks quando procurou um salão durante uma viagem e teve dificuldade para agendar; Atualmente, já com diversas atualizações, o serviço está disponível com assinaturas a partir de R$ 56

Em 2021 o cenário já foi mais animador para a empresa, cujo faturamento já aumentou 50% em relação ao ano anterior, muito disso atribuído ao dinamismo dado pelos acessos integrados às redes sociais.

Em conversa com o nosso portal, Carina Gewerc respondeu, por meio da assessoria da empresa, algumas questões de como a marca tem enfrentado as dificuldades do mercado e quais as expectativas para o ano de 2022. Confira a entrevista:

E&M – Como funciona o aplicativo da Trinks? Quais soluções oferecem para os profissionais de estética?
O Trinks atende exclusivamente o mercado de beleza e oferece solução tecnológica completa de gestão via aplicativo e site. Por meio da plataforma, os estabelecimentos aderentes têm acesso a serviços como organização e controles da agenda de clientes e de estoque, cálculo de comissões, realização de pagamentos, divisão de recebimentos, e acesso a ferramentas de marketing, dentre outros, além de poder divulgar promoções e fidelizar clientes. É indicada para todos os tipos de negócios (pequeno, médio ou grande) e também para rede de franquias.

E&M –  Em comparação aos softwares de gestão já existentes no mercado, qual o principal diferencial da Trinks?
Além de ser uma plataforma tecnológica completa de gestão para negócios de beleza, o Trinks é o principal canal de divulgação para os estabelecimentos do segmento apresentarem sua marca, produtos e serviços. E não podemos deixar de destacar que somos a primeira e única plataforma do segmento de beleza integrada com o Facebook (permitindo agendamento via Facebook, Instagram e Messenger), ampliando o alcance da divulgação e naturalmente aumentando a demanda.

[Somos] pautados sempre na transparência entre o salão, o profissional e seus cliente. Oferecendo uma solução com diversas funcionalidades, ao mesmo tempo simples de serem acessadas, atendemos do pequeno ao grande empreendedor.

O Trinks é uma plataforma simples, intuitiva e altamente automatizada, [mas] com o suporte humanizado. Disponibilizamos ferramentas para o estabelecimento trabalhar o marketing e fidelizar clientes: sms, e-mail marketing, lembrete de agendamento, pesquisa de satisfação, avaliação do estabelecimento, programa de fidelidade e muito mais.

Temos como objetivo principal permitir que o negócio esteja presente na vida de seus clientes, até mesmo nos momentos em que eles não estejam presentes em seu estabelecimento.

E&M – Durante o período mais crítico da pandemia, o número de clínicas e salões procurando por esse tipo de serviço aumentou?
O início do ano de 2020 foi bastante desafiador. Com a crise do coronavírus, todos os setores econômicos sofreram impactos e os efeitos colaterais da pandemia não seriam diferentes para o segmento de beleza. Acompanhamos dos pequenos aos grandes empresários fechando suas portas, passando a vender produtos e atender em domicílio. Passados os primeiros meses, o reflexo desse movimento afetou nosso negócio de tecnologia exclusiva para o setor com uma queda de 35% no número de assinaturas, o que já era de se esperar, visto que no início da pandemia as pessoas reduziram o consumo e consequentemente não buscavam por serviços nos estabelecimentos de beleza. Mas não por um longo período, no início do segundo semestre, com a pandemia ainda em estágio de alerta, recuperamos o fôlego e vimos nossos números voltarem a crescer. Fechamos o ano de 2020 com crescimento de 45%. Estamos muito otimistas com os números de 2021, onde já temos 50% a mais de adesões e 35% a mais em agendamentos, comparado com o período anterior.

E&M –  Atualmente, quantos usuários fazem o uso do App (clínicas, salões e os pacientes)?
Temos mais de 60 mil estabelecimentos de beleza cadastrados e interessados em nossa plataforma, atualmente como uma base ativa de mais de 9 mil clientes. Além de possuirmos mais de 1 milhão de usuários finais utilizando o Trinks via site, aplicativo e redes sociais.

E&M – Como estão as projeções para o ano de 2022? Possuem atualizações previstas para o App?
Nossa estimativa é darmos continuidade às boas práticas realizadas até o presente momento e que estão fazendo nossos números de adesões crescerem cada vez mais. Atualmente, com a integração inovadora e pioneira no segmento com o Facebook, garantimos aos nossos clientes a possibilidade de terem sua marca, serviços e estabelecimento disponíveis e acessíveis em diversos canais, ampliando seu alcance e, consequentemente, aumentando sua demanda. 

A expectativa em relação a parceria com o Facebook é crescer em até 15% o número de agendamentos realizados e gerar, em até 6 meses, um aumento de 20% no número de estabelecimentos utilizando o Trinks. Além disso, queremos ampliar o alcance nacional [a empresa hoje atende em mais de 450 cidades do Brasil].

Trabalhamos constantes melhorias e evoluções para termos uma plataforma cada vez mais robusta e full service às necessidades de nossos players e para o ano de 2022 novidades que visam facilitar a forma de contratação de serviços e pagamentos dos mesmos, além de estreitar a relação entre o consumidor final e o dono do estabelecimento, já estão em fases finais de desenvolvimento e testes.

Vale mencionar que nosso objetivo não é apenas reforçar a solução completa de gestão pelo site, mas também pelo aplicativo Trinks Profissional, que já vem sendo um sucesso em números de downloads, com funcionalidades simples e intuitivas. Com ele a relação de transparência entre os donos e profissionais de beleza se faz um forte pilar, uma vez que todas as ações ficam registradas: agendamentos, histórico do cliente, preço, estoque, divisão de recebimentos e muito mais. Queremos cada vez mais inserir os negócios de beleza no mundo da tecnologia, automatizando processos e tornando-os menos burocráticos.

 

E&M –  Vocês realizam algum tipo de capacitação para os profissionais que fazem o uso do Trinks? E para o público, no geral, quais as soluções o App oferece?
O Trinks é uma plataforma tecnológica de fácil usabilidade, desenvolvida para que os donos e profissionais de estabelecimentos de beleza tenham controle total do seu negócio de forma rápida, prática e intuitiva, sem burocracia e complexidade sistêmica. Além de oferecermos suporte dentro do horário comercial de segunda-feira a sexta-feira, com atendimento humanizado via chat e e-mail, contamos com treinamentos ao vivo que acontecem semanalmente e também disponibilizamos em nosso canal oficial do Youtube vídeos tutoriais de usabilidade da plataforma, além de dicas gerais para que nossos assinantes possam gerar melhores resultados em seus negócios de beleza.

Pensando no consumidor final, disponibilizamos o site e aplicativo Trinks para que possam encontrar e agendar serviços de beleza a qualquer hora e de qualquer lugar. Vale reforçar que recentemente anunciamos uma integração inovadora com o Facebook, permitindo que os negócios contratantes da plataforma possam receber agendamentos diretamente dos perfis oficiais de seus consumidores enquanto navegam no Facebook, Instagram e Messenger, sem precisar ter o aplicativo ou entrar no site oficial do Trinks.

E&M – Por que o App foi criado? Como surgiu essa demanda? Estavam buscando atender alguma tendência de mercado?
Em meados de 2011, período em que existia uma necessidade de digitalizar negócios dos mais diversos segmentos, ainda que houvesse uma certa resistência de alguns setores, um grupo de sócios teve a ideia de criar um produto que atendesse pequenas e médias empresas e um grande número de clientes com tecnologia de ponta para um mercado que não tinha condições de bancar um projeto desse porte.

E foi logo no ano seguinte, 2012, que a história do Trinks começou, quando durante uma viagem a trabalho, em Goiânia, eu própria tive dificuldades em encontrar um salão de beleza com horário disponível para atender minhas necessidades. E, ao buscar na internet possíveis salões disponíveis, me deparei com informações incorretas.

Devido a esse contratempo, surgiu a ideia de desenvolver uma plataforma que reunisser todos os estabelecimentos de beleza em um só lugar com apresentação de fotos do local e profissionais, bem como suas avaliações, divulgação dos serviços, preços e promoções. Algo que também facilitasse a vida das pessoas que buscavam por esses serviços, permitindo que o agendamento fosse realizado sem a necessidade de contato telefônico.

Na época, ainda que bem distante da realidade, eu já trabalhava com tecnologia, sabia que se tratava de um projeto viável e promissor, visto as tendências tecnológicas mercadológicas. Vale mencionar que antes do lançamento para o mercado, foi feita uma versão teste da plataforma com objetivo de entender o comportamento e a demanda dos donos dos estabelecimentos de beleza, e foi percebido que a solução exigia mais do que apenas a possibilidade de agendamento. 

Passadas frequentes evoluções e melhorias, atualmente o Trinks é uma plataforma tecnológica completa de gestão para negócios de beleza, além de um importante canal de divulgação para clientes.

Procedimentos e meios que melhorem a qualidade de vida no período gestacional têm tido cada vez mais destaque no campo da estética e da saúde.  É o caso da massofilaxia, técnica de massagem que alivia estresse e ainda promove o cuidado estético da gestante. 

“A massofilaxia atua no relaxamento, alívio de dores, na melhora da mobilidade da gestante. [A técnica] alivia tensão nas articulações e sintomas de estresse e ansiedade”, explica a professora e empresária Cicelina Campos.

A professora e empresária Cicelina Campos utiliza método de massagem específicas para gestante que promove bem-estar e relaxamento

Também chamada de massoterapia, a técnica ameniza um dos incômodos mais comuns na gravidez: o inchaço causado pelo aumento de retenção de líquido. Segundo Cicelina, o diferencial do procedimento é que, ao melhorar a circulação, ele também gera relaxamento, melhorando o impacto emocional da gestação na mãe.

Reduzir a pressão física e emocional

De acordo com estudo do Instituto de Psiquiatria e Neurociência, do King’s College London,  as emoções durante a gravidez podem fazer com que as crianças nasçam mais suscetíveis ao estresse. Nesse contexto, reduzir a pressão física e emocional sobre as mães é essencial para saúde da gestante e do filho.

A professora afirma que pesquisas que fazem o uso das terapias manuais estão em alta, incluindo técnicas para auxiliar no tratamento de doenças. “Hoje existem muitos estudos e especializações que visam as terapias manuais e que têm se tornado grandes aliados nos tratamentos das doenças do século, como estresse, depressão, ansiedade”, explica a profissional.

De acordo com a professora, a massofilaxia para gestantes é diferente da drenagem linfática, pois traz benefícios que vão além da mobilização de líquidos

Técnica e restrições

A retenção de líquidos no período gestacional é muito comum, o volume dos fluidos nesta fase tem um aumento entre 25% e 35%.  A massofilaxia age por meio de um conjunto de manobras e manipulações que trazem efeitos sobre os tecidos subcutâneo, muscular, vascular e também nos sistemas nervoso e respiratório.

A professora Cicelina explica que a massofilaxia reúne vários outros estudos, o que permite a aplicação do procedimento em grande parte da população. Outro diferencial do método é que ele quase não possui contraindicações. O procedimento só não é recomendado em casos em que há dermatite no local, descontinuidade da pele (lesão), trombose ou ainda alguma restrição médica específica.

A prática não possui um limite de sessões, pode ser realizada quantas vezes forem necessárias. O tratamento só deve ser realizado por profissionais capacitados para realizar terapias manuais, como os fisioterapeutas, esteticistas e massoterapeutas.

Estética na gestação

Além dos benefícios para o corpo e a mente, a massoterapia também contribui para o cuidado estético da gestante. Cicelina conta que a técnica pode reduzir a evolução da celulite, amenizar os riscos de estrias e melhora da postura por aliviar as tensões musculares.

Também traz diminuição de edema e melhora do contorno corporal, além de amenizar os riscos de surgimento das varizes.

Evidencias científicas

As evidências para apoiar o uso da massofilaxia em gestantes têm aumentado nos últimos 30 anos. A massagem demonstrou ser valiosa para mulheres grávidas com ansiedade, depressão, dor nas pernas e nas costas, e mostrou benefício significativo na percepção da dor durante o trabalho de parto, segundo pesquisas científicas.

Gostou do tema? Clique abaixo e leia outros artigos científicos sobre o tema indicados pela pesquisadora Cicelina Campos .

Com uma nova proposta para potencializar o procedimento de drenagem linfática, a linfoterapia associa tecnologia e técnicas para alcançar resultados estéticos e de saúde. O aparelho de compressão pneumática intermitente ajuda a prevenir a trombose após procedimentos cirúrgicos. Por essa razão, foi escolhido pela Essence Estética Avançada, no interior de São Paulo, como catalisador dos tratamentos de pós-operatório

“Aqui nós trabalhamos com inovação, pautados no que existe de mais moderno em tratamentos estéticos”, destaca o fisioterapeuta Daniel Zucchi, sócio fundador do empreendimento. A clínica, que foi inaugurada há seis meses e traz equipamentos e procedimentos de sucesso do segmento de saúde para o setor da estética. 

Essence traz linfoterapia como potencializador dos efeitos da drenagem

Segundo o proprietário da Essence Taquaritinga, o espaço teve um investimento inicial de R$ 200 mil e outros R$ 40 mil já foram aplicados na compra de novos equipamentos. Especializado em linfoterapia e pesquisador do tema, o fisioterapeuta foi o responsável por agregar aos tratamentos da clínica esse conhecimento. “Podemos associar técnicas e tecnologias para potencializar os efeitos da drenagem”, explica. 

Limpeza das células

A linfoterapia é indicada em tratamentos que fazem desintoxicação do organismo, de acordo com Daniel Zucchi. É o caso da prevenção de trombose que, além de evitar esse grave problema, melhora o fluxo linfático e auxilia na drenagem do edema.

A clínica de estética conta ainda com outros procedimentos inovadores. Um dos principais métodos utilizados no espaço é o Ultrassom Microfocado, de uso facial e corporal. Outro destaque é o Lipodistrooff Max Focado, que une criolipólise com ultrassom microfocado. Os dois utilizados para proporcionar efeito de lifting de forma não-invasiva e não-cirúrgica.

Técnica de linfoterapia é destaque em clínica de estética de Taquaritinga, no interior paulista

Expansão

A clínica da Essence Estética Avançada foi inaugurada há seis meses e fica na cidade de Taquaritinga, em São Paulo, cidade natal de Daniel Zucchi. O fisioterapeuta acredita que a cidade possui um grande potencial de crescimento. “Só precisava ter um atendimento diferenciado, de qualidade. Foi pensando nisso que trouxe para cá esse investimento”, afirma.

As projeções são tão boas que a empresa já conta com um plano de expansão e prevê a abertura de novas clínicas a partir de 2023. “Estamos com projeção de abrirmos uma unidade nova a cada ano”, conta.

Serviço

Essence Estética Avançada
Endereço: Rua Libero Badaró, 751, Centro, Taquaritinga/SP
Instagram: @essence_estetica

Com resultados aparentes na primeira semana, a técnica conhecida como taping vem ganhando espaço no pós-operatório de cirurgias plásticas. As fitas que atuam sem o uso de medicamentos aceleram a recuperação do organismo, amenizando até o aparecimento de hematomas.

O Brasil realiza um milhão de cirurgias plásticas por ano, segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), ultrapassando até os EUA. A educadora física e personal trainer Erika Garcia, faz parte desses números.

Há sete anos, ela realizou uma lipoaspiração sem a técnica e, recentemente, colocou próteses de silicone e fez uma lipoescultura com uso do taping no pós-cirúrgico. “Os resultados são visíveis na primeira semana. Quem já passou por outros procedimentos percebe uma diferença muito grande quando se compara”, conta a personal.

A técnica, que existe desde os anos 70, foi desenvolvida pelo japonês Kenzo Kase e já é bem conhecida entre os fisioterapeutas e médicos. É utilizada para o tratamento de lesões e age na recuperação dos procedimentos estéticos.

Faixas de taping possuem densidade similar à da pele, explica a fisioterapeuta Lorena Tavares.

Segundo a fisioterapeuta Lorena Tavares, as fitas aceleram o processo de recuperação do tecido, amenizando as manchas roxas, chamadas de equimose. Também diminuem a dor. “O taping age ainda prevenindo e tratando fibroses e seromas, facilitando uma recuperação mais saudável desse tecido” explica a especialista.

Para Erika Garcia, o que mais a agradou no taping foi a pouca quantidade de hematomas depois dos procedimentos. Na outra cirurgia, as equimoses demoraram quase um mês para desaparecerem. Com as bandagens, ela não teve esse problema. “O resultado surpreendeu-me mais do que eu esperava”, comemora a educadora física.

 Aumento da procura

Erika Garcia usou as bandagens após intervenções estéticas e aprovou resultados com menos hematomas

De acordo com a fisioterapeuta Lorena Tavares, o aumento da procura por tratamentos com as bandagens ganhou popularidade após os atletas esportivos começarem a fazer o uso das faixas.

“Os atletas usam muito para ajudar na recuperação de lesões e de suporte para movimentos. Isso despertou o interesse para pesquisas científicas, principalmente [relativas ao] linfotaping”, explica.

A técnica

As fitas possuem uma densidade que se assemelha a pele, o que facilita os movimentos para quem acabou de realizar uma cirurgia plástica, por exemplo. Outro diferencial é que as bandagens não possuem nenhum medicamento em sua composição, por meio do corte e extensão elas atuam no sistema linfático.

Existem dois modos de colocação do taping, o linfático e o compressivo. Taping linfático, de acordo com a fisioterapeuta, aumenta a movimentação do líquido produzido pelo sistema linfático, responsável pelo inchaço, conhecido como linfa. Ele faz uma elevação da pele, criando uma área com menor pressão, movendo os líquidos de uma região com maior tensão para uma com menor.  

Já o taping compressivo favorece a aproximação da pele sobre os músculos, diminuindo o espaço morto, o que ameniza a área de lesão e diminui o processo de resposta inflamatória. Segundo Lorena Tavares, além do pós-operatório nas cirurgias plásticas, a técnica também pode ser usada em fisioterapia oncológica, pós-cesárea, pós de cirurgias vasculares e ortopedia.

Aplica-se ainda a tratamentos estéticos (para celulite e linfedema, por exemplo), tratamentos de fonoaudiologia, tratamentos veterinários e tratamentos médicos. No geral, o uso das fitas vai de três a sete dias, mas esse período pode variar para mais de acordo com o que está sendo tratado.

 

A HTM Eletrônica lançou nove equipamentos no mercado durantes essa fase e viu demanda subir

Apesar da crise sanitária, o mercado de estética está em expansão. A HTM Eletrônica, que lançou nove equipamentos no mercado durantes essa fase, cresceu cerca de 80% desde o início da pandemia.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), nos últimos três anos, a busca por procedimentos estéticos não cirúrgicos aumentou 390% no Brasil, o que explica a alta na procura por novas tecnologias. 

O último lançamento da HTM foi o Beauty Dermo Maxx. A tecnologia multifuncional permite cuidar da saúde capilar, corporal e facial com um único equipamento.

Segundo a Aline Caniçais, especialista dermato funcional da HTM Eletrônica, o fato do Beauty Dermo Maxx combinar diferentes tratamentos em um único aparelho é o grande benefício para os profissionais do setor. “Ele une tecnologias capazes de tratar gordura localizada, celulite, estrias, envelhecimento facial, acnes, alopecia, melasma, linfedema e edema, além de promover massagem relaxante – o que é muito vantajoso para os profissionais da área”, explica a dermato.

Aline Caniçais, especialista dermato funcional da HTM Eletrônica: único aparelho é o grande benefício para os profissionais

O lançamento da HTM possui mais de 90 protocolos pré-programados e permite a escolha entre os tratamentos: Vacuum LED, Vacuoterapia, Fototerapia, Pressoterapia, Cupping Therapy, Peeling de Diamante e Pump de Glúteos.

“Para vermos avanços na estética, tanto corporal, como facial, uma das soluções de fato é recorrer à tecnologia de aparelhos, que, se aliados à boa alimentação, trazem resultados satisfatórios e muito rápidos”, afirma a especialista dá HTM

 A empresa que usa tecnologia 100% nacional. Além do Beauty Dermo Maxx,  a HTM também desenvolveu mais oito equipamentos no período mais crítico da pandemia. O segredo do crescimento, segundo Paulo Gustavo de Siqueira Lopes, diretor da HTM, é permanecer inovando. “Em 2020 foram quatro lançamentos: Beauty Face, Effect, Tecare e Límine; e em 2021 tivemos cinco: Hibridi, Beauty Steam, Vibria Maxx, Beauty Dermo e o Beauty Steam Maxx”, conta o diretor.

Novos horizontes

Com o crescimento da empresa no mercado, agora a HTM pretende inovar também no setor de saúde. O novo projeto em andamento fará o uso de inteligência artificial no tratamento para pessoas com diabetes. 

O desenvolvimento é uma ação em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein e visa reduzir o impacto das comorbidades físicas de doenças crônico-degenerativas.

Para o diretor Paulo Lopes, o novo protótipo é resultado do impacto da empresa no mercado atualmente. “O crescimento da HTM vem ocorrendo conforme o planejado. Com o avanço tecnológico e científico, estamos abrangendo cada vez mais áreas de atuação. Para nós, é um prazer pensar também em equipamentos na área de reabilitação”, diz.

Paulo Gustavo de Siqueira Lopes, diretor da HTM: empresa expande agora para setor de saúde

O estudo recebeu verba da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) e apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). O interesse do governo no projeto é a busca por tecnologias que reduzam o impacto das comorbidades físicas decorrentes de doenças crônico-degenerativas na saúde pública

HTM Eletrônica

A HTM Eletrônica (https://htmeletronica.com.br/) é uma indústria referência no desenvolvimento e fabricação de equipamentos dirigidos ao segmento de estética e fisioterapia no Brasil. A empresa foi fundada em 1999 e tem como embaixadora a atriz Paolla Oliveira. Com equipe multidisciplinar altamente capacitada, a HTM está localizada em Amparo – SP e tem como foco profissionais da área da estética e reabilitação interessados em tecnologia para clínicas.

O Beauty Summit 360, maior congresso de estética do interior paulista, acontecerá nos dias 5 e 6 de junho de 2022 e terá formato híbrido. O evento volta a ser presencial, mas mantém parte da programação no virtual em sua terceira edição. A mudança atende novas demandas do pós-pandemia e busca integrar a flexibilidade trazida pelo virtual com os benefícios do contato direto.

Jonatas Vasconcelos, CEO da Beauty Connect e um dos organizadores do evento, conta que o evento 100% on-line da última edição foi uma oportunidade e ajudou na melhoria da comunicação com os congressistas.

“Com a pandemia aprendemos muito e criamos nossa plataforma de gestão de eventos,  Beauty Connect.  O novo formato híbrido aumenta o nosso alcance, fortalecendo ainda mais nosso objetivo de apoiar o desenvolvimento profissional na área”, explica Vasconcelos. 

Jonatas Vasconcelos, CEO da Beauty e um dos organizadores do Beauty Summit 360: evento teve crescimento de 400% no número de participantes durante edição virtual na pandemia e agora aposta em modelo híbrido para 2022

 As inscrições já estão abertas. O Beauty Summit 360 presencial será no Espaço Beira Rio, em Piracicaba. Vai contar com grandes nomes da área, incluindo 20 marcas nacionais de renome já confirmadas.

Atividades descentralizados

A terceira edição foi lançada oficialmente esta semana com foco nas inovações para o mercado de Estética e Cosmetologia. O congresso vai contar com workshops e palestras sobre legislação, empreendedorismo, marketing para clínicas e temas científicos. Além dos palcos principais, haverá ainda uma programação de atividades paralelas em 2022. 

“Piracicaba, por 3 dias, será a cidade da estética. Vamos realizar um pré-congresso com cursos espalhados por toda cidade, trazendo os principais nomes da saúde estética do Brasil”, revela Jonatas Vasconcelos.

Segundo o CEO da Beauty, o público alvo são os profissionais que desejam ter um lugar de destaque no setor. “Nosso foco são todos os que atuam no segmento da saúde estética que entendem que a visão 360 é fundamental para desenvolverem a criatividade, raciocínio clínico e novos negócios”, reforça o empreendedor 

Crescimento Exponencial

O último Beauty Summit 360 reuniu 2 mil pessoas e foi realizado inteiramente on-line, um crescimento de 400% em relação ao primeiro evento, que contou com 400 participantes. A expectativa é de que com o formato híbrido em 2022, o público seja até três vezes maior, seguindo a tendência de mercado. 

Beauty Summit 360 trará em 2022 os principais nomes da saúde estética do Brasil e terá pré-congresso de imersão

 “A migração para o interior em busca de qualidade de vida fez algumas cidades dobrarem de tamanho nos últimos 10 anos. O interior paulista representa mais de 50% dos negócios [em estética] que acontecem no Estado. O cenário vem mudando”, afirma Jonatas Vasconcelos, um dos organizadores do evento.

Os lotes para inscrição já estão disponíveis na plataforma da Beauty Connect, e podem ser acessados neste link.

Beauty Summit 360
O congresso Beauty Summit 360 surgiu pela necessidade de adquirir informação e interagir com outros profissionais do segmento, sem estar nos grandes centros. Através de troca de experiências, informações e conhecimento, o congresso veio para alavancar o desenvolvimento dos profissionais do mercado de saúde estética.

“Nosso objetivo é apoiar o desenvolvimento do setor, conectar pessoas gerando conteúdo, networking e negócios. Agora, mais do que nunca, as pessoas precisam se conectar e trocar informações para crescer e inovar”, aponta Jonatas Vasconcelos.

III Beauty Summit 360
Data: 05 e 06 de junho de 2022
Inscrições: https://beautysummit360.beautyconnect.com.br/

O mercado aquecido de tratamentos de estética do interior paulista está na mira das grandes franquias do segmento. Antes mesmo da inauguração, a nova clínica da Ad Clinic de Piracicaba já possuía quase 200 leads de agendamentos durante o período de pré-venda, segundo a assessoria do grupo. O espaço recebeu um investimento de 750 mil reais e é a terceira franquia dos mesmos proprietários.

Liana Graf e Célio Graf, que são do interior do Rio Grande do Sul, já possuem outras duas unidades, uma em Blumenau (SC), e a outra no Shopping Itaquera, em São Paulo. Agora, abrem as portas em Piracicaba, cidade de 400 mil habitantes, em parceria com a família. 

Liana começou como empregada doméstica antes de ter um pequeno negócio de marcenaria junto ao seu marido, Célio. O negócio ia bem até que um dia ela conheceu Rodrigo Nunes, CEO da Ad Clinic, que na época precisava de móveis para abrir sua primeira unidade. De acordo Liana Graf, o crescimento do setor apesar da crise sanitária foi o que influenciou a abertura da nova clínica em cidades desenvolvidas do interior e a tornar-se a primeira franqueada da rede com o espaço em Blumenau .

“A partir disso, eu decidi fazer parte da franquia AD Clinic. Conheço a marca há algum tempo, o Rodrigo, e sei o impacto que os tratamentos fazem na vida das pessoas. Isso não tem preço”, conta Liana.

Pandemia com baixo impacto no setor

Em 2020, em plena pandemia, o mercado de estética faturou cerca de R$3,2 bilhões de reais, 7,5% a mais que o ano anterior. As unidades da AD Clinic acompanharam esse crescimento.

As franquias do grupo realizam um procedimento estético a cada cinco minutos, o que gera em torno de 25 mil atendimentos mensais, justificando o lugar que a rede vem ocupando no mercado. Rodrigo Nunes, CEO da Ad Clinica, afirma que pretende saltar de 92 franquias para 600 até 2024. Um crescimento de cerca de 550% em apenas 3 anos.

Mercado Internacional

Com todo esse avanço no setor, o grupo já tem planos de expansão para os próximos anos. Segundo o CEO da AD Clinic, Rodrigo Nunes, das 600 operações previstas até 2024, 10 serão internacionais.

O grupo estará presente nessa fase nos Estados Unidos, Portugal e países da África. “A AD Clinic cresce cada dia mais. Aqueles que decidem empreender agora fazem a melhor escolha possível e os resultados serão incríveis!’’, defende o CEO.

A panfletagem que deu certo

A AD Clinic surgiu com o CEO Rodrigo Nunes, entregando panfletos na rua para atrair clientes. Com um investimento de R$ 5 mil reais, Rodrigo panfletava e Aline Medici, sócia e namorada, realizava os procedimentos estéticos.

Rodrigo Nunes, CEO da Ad Clinic, e a sócia Aline Medici, pretendem chegar a 600 unidades da rede até 2024

Após a chegada da pandemia, a panfletagem passou a ser digital, então a rede começou a investir na comercialização de franquias e vendas on-line. A estratégia de expansão possui um novo modelo de negócio, com tamanho reduzido e investimento a partir de R$ 89 mil. 

Esse valor é o que permite que a franquia seja uma das mais acessíveis e lucrativas ao mesmo tempo.  Desse modo, fica mais fácil a entrada do grupo em pequenas cidades com um plano acelerado de expansão.

A 92a. unidade do grupo AdClinic chega à cidade de Piracicaba com 100 tratamentos estéticos, corporais e faciais. O novo espaço abriu as portas no dia 26 de outubro. 

Serviço
Data: 26/10/2021
Endereço: Av. Independência, 1604 – Cidade Alta, Piracicaba – SP, 13419-155
Redes Sociais:
https://www.instagram.com/adclinic.piracicaba/
https://www.facebook.com/adclinic.piracicaba/

SMART GR inova em nova geração de cosméticos profissionais a base de cannabidiol

O cannabidiol (CBD) chegou ao universo dos cosméticos. A marca SMART GR é a primeira do mundo a investir na substância para linhas de tratamento profissionais. O CBD geralmente é extraído da Cannabis sativa (popularmente chamada de maconha) e não tem os efeitos psicoativos da planta original. A tecnologia Smart CBD Like (Cannabidiol Active System), usada nos produtos lançados, entretanto, é uma inovação originado da planta Ricinus Communus L, cultivada na Amazônia.

O CBD é tem sido amplamente empregado na Medicina de diversos países. Em 2015, aderiu ao sucesso dos resultados e teve o uso terapêutico do princípio ativo liberado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Desde então, cerca de 78 mil unidades de produtos à base do CBD foram importadas no país.

 

  • Do anti-acne ao anti-envelhecimento
  • Resultados rápidos e qualidade internacional
  • O futuro dos neurocosméticos

1. Do anti-acne ao anti-envelhecimento

Com o desenvolvimento de novos estudos, o CBD também provou ser um aliado para o mercado de estética, trazendo inúmeros benefícios para o organismo. O elemento possui ação antioxidante, regeneradora e anti-inflamatória, além de resultados no controle da acne e até um leve efeito de preenchimento. De acordo com dados do Brightfield Group, até 2029 cerca de 15% dos produtos de skincare já serão impactados pela nova tendência.

Visando o novo momento do mercado, a Smart GR investiu em alta tecnologia e desenvolveu o Smart CBD Like (Cannabinoid Active System). A substância amazônica permite uma ação mais eficaz dos dermocosméticos.

De acordo com o CEO da Smart GR, Rodney Amorety, a tecnologia inovadora e exclusiva da marca, transforma o óleo de canabidiol em um poderoso ativo de fácil absorção, o que permite que a utilização da substância em diversos produtos. “Isso nos abriu um universo de possibilidades para a estética profissional, dando origem a uma linha completa de produtos com canabidiol”, afirma. A linha vai abranger tratamentos para gordura localizada; de melasma; capilar e intensivo de rejuvenescimento da pele.

2. Resultados rápidos e qualidade internacional

Rodney Amorety e Eloah Manzoli.
CEO e Coordenadora de Marketing

Com resultados rápidos e visíveis, os chamados neurocosméticos devem romper as barreiras do preconceito e agradar a alta demanda por resultados imediatos do cenário de beleza. A previsão é de que as clínicas de estética tenham um aumento significativo do faturamento com a aquisição da nova tecnologia cosmética.

Eloah Manzoli, coordenadora de Marketing da Smart GR, reforça que os neurocosméticos à base do ativo Smart CBD Like já nasceram com padrão europeu de qualidade. “Todos os produtos são registrados para venda na comunidade europeia, obedecendo às regulamentações mais criteriosas do mundo.”

 

O lançamento da Smart GR traz uma linha que promete muitos benefícios para os consumidores, como poder antioxidante e anti-inflamatório, que relaxa a epiderme e alivia irritações na pele. “Todas essas ações fazem do CBD um excelente ativo para diversos tratamentos, uma vez que tecidos inflamados e oxidados são queixas constantes na maioria das disfunções estéticas como acne, gordura localizada, celulite, etc”, conta Rodney.

 

Apesar de recente no mercado, o lançamento já é um sucesso entre os consumidores. Segundo a coordenadora, os feedbacks positivos chegam a todo momento. “O mais interessante é que os resultados por si só já dizem tudo! Além disso, muitos clientes entraram em contato dizendo que já esperavam há muito tempo essa tecnologia no Brasil e estão felizes que demos esse passo”, comenta Eloah.

 

3. O futuro dos neurocosméticos

 

A empresa está com grandes expectativas e já projeta novas tecnologias para o futuro. “Teremos uma linha completa para estética profissional. É um ativo multi-benefícios, que chega para potencializar muitos protocolos e tratar diferentes disfunções estéticas”, disse o CEO.

A Smart GR pretende explorar ainda mais o setor usando essa substância, e os responsáveis pelo novo projeto estão animados com a ideia de quebrar os estigmas existentes a respeito do ativo. “O nosso compromisso com o cliente é muito sério, prezamos por resultados do começo ao fim. Temos um portfólio extenso de produtos para ser lançado ainda esse ano e almejamos grandes resultados para o mercado! Estamos muito orgulhosos em saber que cada vez mais ‘trazemos o futuro’ mais para perto e elevemos o mercado da estética profissional no Brasil”, explica Rodney.

 

Conheça os produtos da linha CBD Like:

 

Smart Lipopress Creme de Massagem CBD: termo deslizante, é perfeito para todos os tipos de massagem e auxilia na redução de gordura corporal e no tratamento de celulite. O CBD like age diretamente como calmante, anti-estresse e anti-inflamatório.

 

Smart Hyaluclar Intense 2: Neuro clareador e anti-age, é perfeito para o tratamento de hiperpigmentações, como o melasma. O Smart CBD modula os sinais celulares e melhora a inflamação da pele auxiliando no processo de clareamento cutâneo.

 

Smart Ultra Regener CBD: o nosso queridinho para o pós procedimento estético, só que dessa vez ainda mais poderoso. A tecnologia Smart CBD tem impacto direto no reparo tecidual e na manutenção da homeostase da pele.

 

Sérum Smart BIO CBD: Neuro sérum com exclusiva ação antioxidante e regeneradora, auxilia na firmeza e elasticidade da pele. Sua ação estimula o aumento da produção de ẞ-endorfina promovendo o bem-estar da pele.

 

Smart Peeling CBD Gel Corporal: Neuro peeling físico, o esfoliante com o toque perfeito para o corpo. O Smart CBD Like traz um efeito calmante e gera conforto no pós-aplicação.

 

Smart Peeling CBD Creme facial: Neuro peeling facial, perfeito para revitalização facial, afinamento córneo, reepitelização controlada da pele, auxilia no rejuvenescimento de alta performance.

Criptomoedas agora podem ser usadas como forma de pagamento na rede Buddha  Spa

Investidores de criptomoedas já podem usar seus ativos para pagar despesas de estética e saúde na rede Buddha Spa. A proposta da clínica é facilitar transações comerciais, possibilitando aos consumidores o uso das moedas digitais não só como investimento, mas também para compras no dia-a-dia.

As moedas digitais, os chamados criptoativos, tiveram um crescimento de mais de 931% no Brasil segundo pesquisa da Hashdex, a maior gestora de criptomoedas do país.  Por essa razão, esse dinheiro digital têm chamado a atenção dos empreendedores.

A novidade traz mais facilidade ao mercado, evitando tantos processos burocráticos, segundo o CEO do Buddha Spa, Gustavo Albanesi. “Por causa do blockchain, o projeto cripto faz acontecer algo que nunca ninguém conseguiu fazer, que é eliminar os intermediários necessários, como um banco”, explica Albanesi.

Gustavo Albanesi, CEO do Buddha Spa

Blockchain é uma tecnologia que permite transações digitais regulamentada pelo setor privado e diretamente pelos usuários. Funciona como um registro, criptografado (protegido por códigos), das movimentações de moedas digitais e sem mediação de bancos centrais de países (veja mais a seguir para entender o que são e como funcionam as criptomoedas)

 

Demanda potencial de criptomoedas

Atualmente no Buddha Spa ocorrem de uma a duas transações com o uso de criptoativos por semana no e-commerce da rede.  De acordo com Albanesi, a alternativa deve ganhar o mercado aos poucos, tendo em vista que a utilização desses ativos digitais ainda é novidade para muitos.

“O crescimento do acesso a criptoativos está tornando-se não só uma forma de investimento, mas também um meio de troca”, diz o CEO. A expectativa do Buddha Spa é de que, em médio prazo, as vendas por criptomoedas correspondam a até 10% das vendas da empresa..

Além do Bitcoin, que é uma das moedas digitais mais conhecida no mercado, o SPA também aceita outros criptoativos como forma de pagamento, o Ethereum, Cardano, Polkadot, entre outras, além de stable coins(moedas com valor estável) como Theter e USDC.

O futuro é digital

Jone Santos Costa, 42, servidor público, fez seus primeiros investimentos em criptomoedas no início deste ano e gostou da novidade de poder usá-las em compra de serviços no seu dia-a-dia. “Comecei a investir por entender que essa será a forma de comercialização, de dinheiro do futuro.  Acho muito boa a iniciativa de aceitar a criptomoeda como forma de pagamento”, afirma o investidor.

Além do Bitcoin, Buddha Spa também aceita as criptomoedas Ethereum, Cardano, Polkadot, Theter e USDC.

Para o CEO do Buddha SPA, Gustavo Albanesi, as moedas digitais abriram oportunidades de expandir os negócios por meio do atendimento de um novo perfil de clientes, mais atentos à mudanças dos próximos anos. “Vejo o cripto como a internet nos anos 90, algo desconhecido para muitos, visto com desconfiança, mas que, para quem está dentro, já consegue resolver uma dor e trazer uma solução no mundo real, com agilidade e assertividade de processos”, diz Albanesi.

O CEO destaca ainda a ruptura com as questões institucionais, uma vez que as moedas digitais criptografadas não sofrem interferência da política econômica em sua valorização e desvalorização.

 

Empreendimentos integrados

O CEO da Buddha Spa, Gustavo Albanesi, é também investidor de criptomoedas e sócio de uma empresa gestora de criptoativos, a UNIERA. Albanesi conta que foi desse modo que surgiu a ideia de inovar e trazer a novidade para o mercado de saúde estética.

As moedas são aceitas no pagamento de serviços comprados no e-commerce pelos consumidores finais, e na taxa de franquia para investidores e compradores. Com a forte expansão, Albanesi já tem novos projetos em andamento para esse novo modelo de comércio.

“Estamos montando uma exchange no Brasil, estamos com portfolios prontos e lançando o cartão de crédito cripto, enfim um negócio bem diferente”, conta o CEO.

Criptomoedas na prática

Criada para facilitar as negociações pela internet, como compra de itens em jogos on-line, a moeda digital “Bitcoin” é usada em transações desde 2009. Na última década, diversas outras moedas digitais foram criadas.

Como não possui a necessidade de ser mediada por terceiros, como os bancos, o dinheiro virtual está em constante crescimento, mas ainda é visto com desconfiança pelos governos pela ausência de regras internacionais e de controle na distribuição desses recursos.

A captação de recursos em criptomoedas (ou cibermoedas) é chamada de “mineiração”. A exchanges são empresas de venda e compra de ativos criptografados e distribuídos com tecnologia blockchain e, em resumo, podem ser consideradas uma espécie de “corretoras de criptomoedas”, uma vez que trocam o dinheiro normal, conforme o câmbio do dia, pelas moedas digitais.

Pane nas redes sociais levanta discussão sobre as ferramentas de comunicação no setor privado; apesar dos prejuízos, clínicas ainda preferem WhatsApp pela popularidade entre clientes

No último dia 4 de outubro, em plena segunda-feira, as principais redes sociais utilizadas no mundo  – WhatsApp, Facebook e Instagram – ficaram mais de 7 horas fora do ar, paralisando atividades de trabalho desenvolvidas pelos usuários de diversos segmentos. O acontecimento mostrou o quanto essas ferramentas foram incorporadas ao cotidiano das pessoas, incluindo o de profissionais e empresas. No setor de estética, a rotina de trabalho foi bastante prejudicado e profissionais  ouvidos pela reportagem relatam que o faturamento com novos clientes no dia do apagão chegou a zerar.

Cerca de 72% dos microempreendedores utilizam o app de mensagens para se comunicar com seus clientes, de acordo com dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE). Débora Andrade, franqueada de uma clínica Onodera Estética, conta que a prospecção de novos clientes em sua empresa ocorre 80% pelo app e ficou totalmente afetada com o apagão das redes sociais de Mark Zuckerberg no começo da semana. “Não tivemos vendas neste dia. Além das postagens do Instagram, stories e Facebook, que são diárias, ocorrem as interações por lá. Tudo isso foi prejudicado”, comenta.

Usuários de redes sociais: hábito consolidado é vantagem comercial


Dados de uma pesquisa feita pelo Hootsuite, aponta que cerca de 98% da população brasileira faz uso do WhatsApp diariamente. O estudo reforça a amplitude que o app tem para tantos profissionais, inclusive do mercado de estética.

Daniela Girotto, da Zamboê, ainda aposta WhatsApp por ser mais conhecido pelo público.

Muitas clínicas utilizam a ferramenta para realizar o agendamento das consultas ou para vender seus serviços, por isso o “apagão” atingiu tantos usuários quanto empresas. Daniela Girotto, proprietária do Centro de Estética, Relaxamento e Bem-estar, Zamboê, conta que um dia sem WhatsApp mudou toda a forma de trabalho na empresa.

 

A empresária explica que 90% dos agendamentos de sua clínica ocorrem pela ferramenta e o restante pelo telefone. Com a pane da última segunda-feira, o atendimento foi todo feito por meio de ligações, uma rotina que já estava superada.

Resistência de clientes é desafio para apps próprios


Apesar de possuir uma ferramenta de gestão na clínica que oferece comunicação com os clientes, Daniela ainda prefere usar o WhatsApp para lidar com os pacientes. O receio é que os pacientes tenham receio ou achem pouco prático um aplicativo só para falar com a empresa dela. 

Apesar de possuir o software de gestão desde a abertura da clínica, os clientes da Zamboê não possuem acesso ao app da clínica, somente os funcionários da administração. “Não pensamos em utilizar o aplicativo do software porque não sei se é uma ferramenta que o cliente baixaria no celular dele para se comunicar com a gente”, relata a empresária.

A rede Onodera também possui um software de gestão próprio. A franqueada da rede explica que o sistema é completo, com aplicativo de agendamentos e vendas online, o que facilita bastante para as clientes. Contudo, ainda é pouco utilizado pelas clientes, que sempre têm optado por aplicativos já instalados e de uso diário , como  Whatsapp, Facebook e Instagram.

Em função disso,  o uso do sistema é mais utilizado para controle de agenda e manutenção de relacionamento com cliente (o famoso Customer Relationship Mangement – CRM). “Utilizamos o Whatsapp Business para contato com as clientes: prospecção, vendas e agendamento, grande parte das atividades acabam sendo realizadas pelo WhatsApp”, explica a proprietária da clínica Débora Andrade.

Como o funcionamento do aplicativo de mensagens estava prejudicado, Débora conta que a saída foi usar o telefone. No entanto, muitos clientes não atendiam as ligações. 

Ainda assim, Débora não pretende migrar para outro app que não o WhatsApp para falar com a clientela. “Por enquanto ainda é o canal de maior aderência, a não ser que  passem a usar o telegram, outro app similar no mercado, mas hoje todas nossas clientes já estão habituadas com o uso das ferramentas do Grupo Facebook”, afirma Débora.