Banner_Bioset
Banner Cursos
Category

MERCADO

Category

Com o aquecimento do mercado estético, classes C e D passam a procurar tratamentos injetáveis

O segmento de estética é um dos que mais cresce no país, sendo considerado o segundo do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. É o que aponta a pesquisa da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS) realizada no ano passado. Apenas no segundo trimestre de 2020, mesmo com a crise causada pela pandemia, o setor teve um faturamento de R$ 7 bilhões.

E dentro desses números, as classes C e D são as que se destacam no crescimento da procura por procedimentos injetáveis, segundo Paula Caroline Garcia, biomédica e CEO da Clinic Cursos. Antes esses tratamentos só eram possíveis para classes mais elevadas e, agora, estão mais acessíveis.

“Cerca de 60% das pessoas que procuram a Clinic Cursos em busca dos procedimentos injetáveis são das classes C e D. Muitas delas chegam até a escola pelos valores mais acessíveis que os encontrados em clínicas do ramo” explica a CEO.

Entre os tratamentos procurados pelo público, estão em alta os bioestimuladores de colágeno, fios de PDO, a harmonização facial e o famoso Botox. De acordo com a CEO, o feedback desses consumidores é diferente dos demais. “Elas parecem ter mais orgulho dos procedimentos realizados, postando fotos do antes e depois, diferente de outros grupos, das classes A e B, por exemplo, que não costumam assumir publicamente nas redes e com tanta frequência que fizeram procedimentos estéticos”, revela.

Paula Caroline Garcia CEO da Clinic Cursos

Ainda de acordo com Paula Caroline Garcia, com a retomada da economia as pessoas que haviam pausado seus tratamentos voltaram a buscar os procedimentos. Os consumidores com menos poder aquisitivo foram em busca dos serviços mais viáveis e dentro do seu orçamento, como os oferecidos pela Clinic Cursos.

“Ficamos satisfeitos e felizes, quando em nossas divulgações somos procurados por pessoas que antes não tinham condições de realizar procedimentos estéticos e agora podem. É gratificante ver a felicidade dessas pessoas após o resultado”, comemora a CEO da Clinic Cursos.

 

INJETÁVEIS ESTÃO CADA VEZ MAIS PRESENTES NO DIA A DIA

De alguns anos para cá, muitas clínicas estão se adaptando a essa nova realidade de injetáveis e fornecendo atendimento para todas as classes, como é o caso da Odontologia Personare, local em que a dentista Francisca Silva atende.

Dra. Francisca Silva Cirurgiã Dentista Especialista HOF

“Nós atendemos todos os públicos sem distinção nenhuma. Para ter uma noção, cerca de 40% das clientes que passam pela clínica, são pessoas das classes C e D. Acredito que nossa facilidade de pagamento atrai bastante essas pessoas”, afirma a dentista especializada em estética.

Hoje, os procedimentos oferecidos pela odontologia Personare, na parte de Harmonização Facial são: toxina botulínica, preenchimentos, Skinbooster, Peeling, Bichectomia, Lipo de papada 3D e enzimática, Bio Filer (PRRF), Hidragloss e BBwhite, que saem em torno de R$ 600 à R$ 2.500 reais.

“Nossos valores estão dentro da média de preço, de clínicas que atendem todos os públicos. Como eu disse, acho que nossa facilidade de pagamento atrai bastante o cliente. O nosso diferencial no atendimento também faz muita diferença na hora do paciente nos escolher”, explica Francisca Silva.

 

CONSUMO DE TODAS AS CLASSES PERMITE ELEVAMENTO DA AUTOESTIMA

Geralmente, por serem procedimentos estéticos de alto padrão e possuírem um preço mais acessível, pode haver aquele medo da segurança do procedimento, mas a dentista explica que isso não tem nada a ver, “desde que seja feito por um profissional devidamente habilitado, não existem riscos para o procedimento.”

Questionada sobre a importância da igualdade estética para classes C e D, a Francisca Silva diz estar contente com essa nova etapa dos injetáveis, “acho excelente todos terem acesso aos tratamentos. Hoje, os produtos estão com os valores mais acessível e com maior qualidade, devido a grande concorrência das marcas, com isso todas as classes podem se cuidar, elevando assim a autoestima”, finaliza.

 

BRASIL SÓ PERDE PARA ESTADOS UNIDOS EM PROCEDIMENTOS ESTÉTICOS

Segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), o Brasil é o segundo país na liderança de procedimentos estéticos, ficando atrás somente dos Estados Unidos. Já o procedimento injetável mais procurado no mundo é a toxina botulínica (Botox).

O crescimento do setor pode ser avaliado pelos números de profissionais da área que, nos últimos sete anos, saltou de 72 mil para cerca de 500 mil. Com a expansão do segmento, o leque de consumidores também ampliou atingindo outras classes sociais.